Rapport de l'opération Prato

MINISTéRIO DA AERONÁUTICA
PRIMERO COMANDO AéREO REGIONAL

OPERACãO PRATO

  1. ASUNTO : OBJETOS VOADORES NãO IDENTICADOS (OVNI's)
  2. LOCAL : COLARES - PA
  3. MISSãO : PROCEDIMENTO DE ACORDO COM AS ORDERS VERBALS;RECHRIDAS DO SR. CHEFE DO A-2.

I - PARTE OPERACIONAL

EQUIPE OPERACIONAL

AGENTES - GEORGE (CISA BR) (P)
- ERNESTO (E)
- SMITH (E)

METOS

TRANSPORTE - Viatura Descaracterizada.

COMUNICACAO - Transreceptores Portateis CRT

FOTOGRAFICO - MINOLTA SRT 101, Tele-Objectiva, ZOOM 100/200mm, NIKON F. Tele-Objectiva ROKKOR 1.200 mm f-5.6 YASCHIKA [YASHIKA] ELETRO, Teleobjectiva 400 mm f-6.3, Filmadora S-8 CANON AUTO ZOOM 514.

OTICO - Binoculo x5 e Teodolito meteorologico

FIANCEIRO - Verba Operacional.

DATA 25 Nov 77

17:00P - Deslocamento de Belém, passagem em Benevidos (Pedro Tap-xxxx)

22:00P - Chegada ao Local (Colares). contato com moraxxxxx.

23:30P - Passagem de Corpo Luminoso a baixa altura xxxxxxx pxxxxx xxxxxxx

X:00P - Xxxxxx LONGA

LOCAL - PENHA LONGA

19:05 - Passagem de Corpo Luminoso a grande altitude (Prove. xxx lite)

LOCAL - COLARES

DATA 26 Nov 77

00:00/00:06P

00:55P - Corpo Luminoso, a baixa altura, baixa velocidade NW/SE.

01:00F - Corpo Luminoso, a baixa altura, baixa velocidad, desapareceu por trás do farol.

05:15F - Corpo Luminoso, em altitude media, SW/N, grande velocidade, lampejos azulados.

Nada a relatar até o final do periode.

06:00/12:00

08:00P - Ouvidos varios Pesacdores e moradores do Local.

Nada a relatar até o final do periode.

12:00/18:00P

Descanso.

18:00/24:00P

18:05P - Corpos Luminoso (2), em grande altitude, rota parale

18:12P - Corpo Luminoso, grande altitude W/SE (S)

18:15P - Corpo Luminoso, grande altitude SW/NW (S)

18:55P - Corpo Luminoso, média altitude (abx 20.000 ft), cor Amarela..

20:35P - Corpo Luminoso, grande altitude, cor aranco azulada (S) N/S.

Nada a relatar até final do periodo.

Obs - Fonta do Machadinho.

DATA 27 Nov 77

00:00/06:00P

Nada a relatar até final do periodo.

00:06/12:00P

Descanso.

12:00/18:00P

16:00P - Ouvides alguna Pescadores e populares,

18:00/24:00P

19:30P - xxxx

xxxx - xxxx

xxxx - xxxx

DATA 28 Nov 77

00:00/06:00

Nada a relatar até o final do periodo.

06:00/18:00P

Descanso.

18:00/24:00P

19:00P - Ouvidos alguna pescadores.

19:00P - Corpo Luminoso, em grande altitude, NW/SE (S)

19:05P - Corpos Luminosos (2), altituda média (12.000 ft), grande velocidad, NW/SE, fracos lampejos azulados. (?) Curvo a D.

19:30P - Corpo Luminoso, média altura, SE/NW, cor Amarela, lampejos azulados. (0)

19:15P - Corpo Luminoso, média altura, 3.000 m), SW/NE.

19:20P - Corpo Luminoso, média altura, 3.000 m), SW/NE, apaçou, (?).

Nada a relatar até o final do periodo.

DATA 29 Nov 77

00:00/06:00P

05:15P - Corpo Luminoso, grande altitude, E/SE (S)

Nada a relatar até o final do periodo.

00:60/12:00P

06:05P - Corpo Luminoso, grande altitude, E/SE (?)

08:45P - Chega ao Local o Cap. HOLLANDA, Ag. Smith retorna aséde.

Cap. HOLLANDA ouve últimos informes da Equipe, assuminéo a Chefia da Equipe.

Nada a relatar até o final do periodo.

12:00/18:00P

Installada Equipamento Comunicaçaões.

Descenso.

18:00/24:00P

18:05P - Corpo Luminoso, grande altitude, NW/SE.

??:??P - Corpo Luminoso, grande altitude, NW/SE.

Nada a relatar até o final do periodo.

DATA 30 Nov 77

00:00/06:00P

Nada a relatar até o final do periodo.

06:00/12:00P

Descanso.

12:00/18:00P

Descanso.

18:00/24:00P

19:00P - Lampajos azulados, direção NE (como se eletrificado).

20:15P - Repetição do fenÔmeno.

21:10P - Luminosidade a baixa altura. estendendo-se verticalmente.

22:15P - Corpo Luminoso, grande altitude, NW/NE, baixa velocidade.

Nada a relatar até o final do periodo.

DATA 01 Dez 77

18:00/24:00P

19:05P - Corpo Luminoso, média altura (2.500m), SW/N, cor Branco / azulado (?).

19:15P - Corpo Luminoso, grande altitude, W/SE (?).

19:20P - Corpo Luminoso, grande altitude, N/S, grande velocidade (S).

Nada a relatar até o final do periodo.

DATA 02 Dez 77

00:00/06:00P

Nada a relatar até o final do periodo.

06:00/15:00P

Descanso.

18:00/24:00P

13:55P - Corpo Luminoso, grande altitude, S/N (?).

19:X0P - Corpo Luminoso, grande altitude (abx. de 35.000 ft), xxx x x relo avermelhada. grande velocidade, N/S. (?).

XX:XXP - xxxxxxxxxxxxxxx, média altura (xxxxxxxxxxxxx) x xxx cor xxxxxx avermelhada (?).

19:05P - Corpo Luminoso, grande altitude, SW/N. (S)

19:15P - Corpo Luminoso, grande altitude, SW/[??]. (S)

Nada a relatar até o final do periodo.

DATA 03 Dez 77

00:00/06:00P

Nada a relatar até o final do periodo.

00:06/18:00P

Descanso.

18:00/24:00P

19:02P - Corpo Luminoso, grande altitude, cor Amarelo avermelhada.lampejos azulados. (?) NW/SE.

20:10P - Corpo Luminoso, grande altitude, S/N, cor Branco azulado (S).

Nada a relatar até o final do periodo.

DATA 04 Dez 77

00:00/06:00P

Nada a relatar até o final do periodo.

06:00/18:00P

Descanso.

18:00/24:00P

19:05P - Corpo Luminoso, grande altitude, SW/NE, grande velocidade, cor Branco azulado, manobras brasca (Z), voltando so rumo original (?).

19:08P - Corpo Luminoso, grande altitude, NW/SE. (S)

19:25P - Corpo Luminoso, média altura (4.000m) NW/SE, cor Amarelo avermelhada, 8mm à distância (10.000m). (?)

Nada a relatar até o final do periodo.

DATA 05 Dez 77

00:00/12:00P

Descanso.

12:00/18:00P

XX:XXP - xxxxx à Belém - xxxxx xxxxxxx.

MINISTERIO DA AERONAUTICA
PRIMEIRO COMANDO AEREO REGIONAL

(OPERAçãO PRATO)

II - PARTE INFORMATIVA

RELATOS -

Pe. ALFREDO DE LA O. idade 48 anos, instrucão superior (Medicina, Fisica, Mecânica e Téologia)
DATA/HORA - 25 Nov 77, às 19:30 horas.

Observeu um corpo luminoso (reflexe), em forma de fuse céraco, baixa velocidade absolute ausência de ruido, à distância estimada de 100 m; temanho aperto 3 m de comprimento por 0,60 m de diametro ; tinha ima luz vermelha na parte frontal e uma verde ra parte de trás; subitamento aumentoa a velocidade desaparecendo a alto. (Campinas da Vigia, 3KM Rodovia para S. Caetaxo de Odivelas).

ROSIO DE OLIVEIRA, 36 anos, alfabetizado, Pescador. Colares.
DATA/HORA - 27 Nov 77, às 01:00 horas.

Quando pescava no Canal do Navio em frente à Porta do Mxxxxdinho, observou sobre a referida Pento, dois (2) Objetes luminosos, aparentemente imoveis; em dado momento o de merer volare aproximou-se vagaresamente do maior, chegando bem proximo; de baixo, em seguida deslocou-se a baixa altura no rumo de Belém, desaparecemdo ao aproximar-se do clarao da cidade (SIC). (OVNI's) (?).

DATA/HORA - 27 Nov 77, às 02:00 horas.

No mesmo Local, o Relator observeu; Très (3) Corpos Luminosos, que, apos efetuarem varias evoluçãoes sobre a Ilha de Colares tendo como referência central a Porto do Bachadinho ; deslocarem-se todos a baixa altura (?), tomandes rumos diferentes : 0,19m, tomxxx o rumo de Souro (NW da posição); focava para a superficie da baia compassadamente em intervales curtos de tempo. O Se, rumou para (S) Genipauba da Laura (Rio Jejuteuá). e o 3x, sequim no xxxx xx x x res (NE). O Relator estimou a distancia meror entre o Poixxxxx cervançao x ao "aparelhos" em 6.000m celalando o txxxx.

xxxxx de distância referida, em, diso cemserex xxx

xxxxx xx xxx x (0.025m). (O) (S).

POSTO DA OLIVEIRA, 36 anos ... etc,
DATA/HORA - 2[] Nov 77 às 0[]:00 horas.

No local ja referides, observeu: Dois (2) Corpos Luminosos sobre a Ponta do Pachadinho (praia), diferentes entre si; arbos estacionários à distancia estimada de 4.000m; calculou o tamanho do maior (volume) em 0,60 m de comprimento (diâmetro), por 0,XX xx altura. Não observou movimentação dos corpos, simplemente apageram na mesma posição. (C) (?).

ELIAS DE OLIVEIRA "FI", idade 42 anos, xxxxxxxx
Pescador - Colares (PA)
DATA/HORA - 27 Nov 77, às 02:30 horas (estimada).

Pescava no Canal do Navio, entre a Ponta do Machadinho e as Pedras, aprocimadamente a hora citada, observou um Corpo Luminoso, deslocando-se a baixa altura (?), sobre a baia no rumo de Soure; cor Amarelo avermelhado, focava um aluz de cor azulada, em diversas direçães /agua); passou à distância de 400m do Relator, sem que este percebesse qualquer ruido, calculou [...] tamanho em digo, como una moeda de 50 centavos (O) (?).

DATA/HORA - 27 Nov 77, às 02:40 horas.

Observou um Corpo Luminoso, deslocando-se a baixa altura (400m), procedente da Ponta do Machadinho sobre a Ilha de Colares ; passem sobre o Ponte do Machadinho sobre a Ilha de Colares ; passou sobre a Ponta do Nacuri, e em seguido rumou para o Ponte (Mar); cor Amarelo avermelhada.

MIGUEL DA SILVA MOREIRA, 3 anos 2° Ciclo, Constructor,
Pass. Ferrari, , 31-Bélem (PA).
DATA/HORA - 28 Nov 77 às 19:15 horas.

Desde a Vila do Mosqueiro /la Rua, próximo a Estação xxdeviária), observou um Corpo Luminoso, deslocando-se a xxxxx xxx de 2.000ft, no sentido SW/NE; cor Amarelo, velocidade média. xxxxx xxxxx de xxxxxxxxx (SIC). (C) (?).

DATA/HORA - 28 Nov 77, às 19:30 [...]

...

11:30P - Chegada em Belém. Relato verbal ao Sr Chefe do A2. Equipe // receubeu Ordem de retornar à região, com saída marcada para dia 24 Out, às 14:00.

DATA - 24 Out 77

12:00/18:00P

14:30P - Saída de Belém

15:45P - Chegada em SANTO ANTONIO DO TAUÁ

16:00P - Deslocamento para a ColÔnia SãO BRAZ - Mun.S.Ant° Tauá ; ouvidos ELISIO SOUZA e BENEDITO FIGUEIREDO.

16:50P - Retorno à Santo Antonio do Tauá ; contato o D. ALEIRA.

17:25P - Deslocamento para Santo Antonio de Ubintuba.

18:00/24:00P

LOCAL - SANTO ANTONIO DO UBINTUBA

18:15P - Chegada ao Local. Contato com moradores, informaram não tersido observado, deslocamento de "luzes" a baixa altura.

19:00P - Deslocamento para Colares-PA.

LOCALP - COLARES - PA

21:15P - Chegada ao Local, contato com Prefeito Municipal, o qual / devido seu estado de saúde, solicitou ao Vereador MANOEL / COSTA (Duca), acompanhar a Equipe até as pessoas que se dizem atingidas por um foco de luz, lançadas por um engeaho de procedência e carateristicas desconhecidas, denominados popularmente na região como : "aparelho", "objeto", "luz" ou "chupa".

Nada a relatar até o final do período (24:00).

DATA - 25 Out 77

00:00/06:00P

01:30P - Populares, observaram uma "luz" a baixa altura, próximo à / esquina da Unidade de Saúde. Equipe chegou atrazada ao local

04:20P - Passagem de corpo luminoso a média altúra, apagou. Surgindo / então dois outrous corpos luminosos (no mesmo ponto), deslocando-se em sentido contrário.(?)

Nada a relatar até o final de período (06:00).

06:00P/18:00P

06:00P - Deslocamento para Santo Antonio do Ubintuba.

09:45P - Chegada ao Local.

10:00P - Deslocamento da Viatura param Delém, afim de transporter até o local o Sr Chefe da Seção e Equipe Médica.

15:40P - Retorno da viatura. Ordem da chefia: Deslocar a viatura, no dia seguinte, afim de transportar o Sr. Chefe da Seção.

18:00P/24:00P

Nada a relatar até o final de período (24:00).

DATA - 26 Out 77

00:00/06:00P

Nada a relatar até o final de período (06:00).

06:00/12:00P

06:40P - Deslocamento da viatura param Belém.

12:00/18:00P

15:20P - Retorno da viatura (chegada), conduzindo O Chefe da Seção e Equipe de Médicos.

16:00P - Deslocamento para Vila Nova do Ubintuba ; Médicos mantiveram contato com moradores, que se dizem ter sido atinguidos per "luz".

18:00/24:00P

19:45P - Deslocamento para Colares.

20:05P - Observado o deslocamento (corrida) de um Meteorito, de tamanho invulgar (20 cm de núcleo).

21:20P - Chegada em Corales.

21:30P - Deslocamento da Equipe médica, para a localidade de PYVATUBA.

22:15P - NEUZA FEREIRA ARAçãO, foi atendida pela Equipe de médicos. Crise Nervosa.

Nada a relatar até o final de período (24:00).

DATA - 27 Out 77

00:00/06:00P

00:25P - BEATRIZ LEAL PERREIRA, foi atendida pela Equipe Médica ter entrado en Crise Nervosa.

01:15P - Observadores instalados no alto de crise Nervosa.

Apendice

00:15P - Populares informaram a passagem da "luz" a baixa altura despareceu próximo ao campo de aviação.

04:05P - Populares (2) e ROBERTO A. SILVA, informaram que a "luz" havia passado a baixa altura, sobre o campo do Luzia (os Observadores, muito embora, em situação previlegiada para observação viram).

06:00/18:00P

08:00P - Deslocamento para a cidade de VIGIA-PA.

09:30P - Chegada al Local, contato com o Prefeito.

09:55P - Deslocamentato para Santo Antonio de Ubintuba ; em seguida para Belém, conduzindo o Chefe da Seção e Equipe Médica.

16:45P - Após o retorno da viatura de Belém, a Equipe A2, deslocou-se para a Séde.

18:00/24:00P

19:15P - Chegada em Belém. Ordem de retornar à régião no dia 29.10, às 14:00P. Destino Colares-PA.

Nada a relatar até o final de período.

DATA - 29 Out 77

12:00/18:00P

14:00P - Deslocamento de Belém ; Com passagem rápida em S. Antonio do Ubintuba ; moradores informaram não terem observado movimento de "luzes" a baixa altura.

18:00/24:00P

18:10P - Deslocamento para Corales.

LOCAL - FENHA LONGA (passagem da balsa).

18:50P - Passagem de um corpo luminoso, em altitude superorior (S).

18:55P - Passagem de um corpo luminoso, em altitude média (S).

20:20P - Chegada ao Local de destino.

Apendice

18:30P - XXXXXXX (3) XXXXXXXXXXXXX

- NADA a relatar até o final de período (24:00).

Nada - 30 Out 77

LOCAL - CORALES - PA.

00:00/06:00

- NADA a relatar até o final de período (06:00).

06:00/12:00P

- Descanso.

12:00/18:00P

14:15P - Contato com populares e informantes. Tomados vários depoimentois e relatos.

18:00/24:00P

18:40P - Populares e RAIMUNDO (pai do Foles), informaram ter visto passagem da luz, na orla maritima da cidade.

19:00P - Populares informaram nova passagem, N/S, da luz.

20:00P - Apresentação de Slides à população (Viagem a Lua), boa aceitação.

21:30P - Nova apresentação de Slides.

- NADA a relatar até o final de período (24:00).

DATA - 31 Out 77

00:00/06:00P

02:15P - Observado um navio às proximidades do Farol, permaneceu do até às 04:30P, deslocou-se no rumo de SOURE.

- NADA a relatar até o final de período (06:00).

06:00/12:00P

06:30P - Descanso, estabelecido até às 14:00P.

12:00/18:00P

14:15P - Depoimentos tomados : Dra. WELLAID e outros.

18:00/24:00P

18:40P - Populares informaram a passagem da "luz", no rumo do Marajó.

20:00P - Contato com ALCIDES, pescador, informou ter observado ume plataforma, constituida de quatro (4), fardos de forma xxtangular, medindo aproximadamente 70 cm, interalignados entre si ; local Coroa Vermelha (baixio), entre em Canal do Xavie e triririm.

22:55P - Passagem de um corpo luminoso, altitude superior (satélite).

23:10P - Contato com pescadores, aos quais foi solicitado observar e informar sobre o assunto.

- NADA a relatar até o final de período (24:00).

DATA - 01 Nov 77

00:00/06:00P

00:30P - Descanso para um dos elementos da Equipe.

- NADA a relatar até o final de período (06:00).

06:00/12:00P

07:30P - Depoimento de alguns pescadores : ORLANDO FONTENELLE, "FI" ELIAS OLIVEIRA, ROBERTO e outrous.

Apendice

05:30P - Passagem da "luz", a baixa altura, no sentido W/S (Roberto).

12:00/18:00P

- Descanso.

18:00/24:00P

Apendice

17:10P - Helicóptero UH-1-H 5673, pousado no campo do S. Pedro E. C.

18:00/24:00P

19:00P - Passagem de um Objeto Voador Não Identificado (OVNI). Presentes no local : T. Cel. Av. CAMILLO, lS MT FLÁVIO e populares (Esquina do Cemiterio). Em outro local (campo de aviação), os dois (2) outros componentes da Equipe A2 : 2S NAV ALMEIDA e /3S ES PINTO, bem como os tripulantes : T. Cel. Av. CONçALVES, Ten Av. KUSTER e os SGt's ROBERTO e DOURARO.

19:10P - Decolagem do UH-1-H, võo local (teste da população).

19:15P - Popular (ANTONIO ACÁCIO), informou ter observado, uma "luz" acompanhando o helicoptero.

19:25P - Chefe da Seção, ouviu o relato de D. CLAUDOMIRA R. PAIXÁO e ELIAS OLIVEIRA "FI". Cap. HOLLANDA, ouviu o relato do Pe. ALFREDO DE LA Ó.

19:50P - Decolagem do UH-1-H, com destino a Belém, Cap. Hollanda. permaneceu na localidade (comando da Equipe).

20:00P - Populares (diversos), informaram ter observados um "luz", baixa altura, sobre a parte NE da cidade (vacckoi).

- NADA a relatar até o final de período (24:00).

DATA - 02 Nov 77

00:00/06:00P

- - NADA a relatar até o final de período (06:00).

00:06/12:00P

08:45P - Ouvido pelo Cap. Hollanda, RAIMONDO GALVãO TRINDADE.

09:30P - Deslocamento param Belém.

11:40P - Chegada em Belém. Descando. Retorno à régião determinado perla Chefia do A2. às 17:00P do dia 03.11.1977.

DATA - 03 Nov 77

17:30P - Deslocamento de Belém para Colares. Parada em S. Izabel.

18:00/24:00P

21:30P - Chegada em Penha Longa, aguardando maré para travessia.

22:00P - Passagem de dois (2), corpos luminosos deslocando-se paralelos entre si.

22:50P - Chegada em Colares.

LOCAL - CORALES - FA

23:00P - Passagem de corpo luminoso, a média altitude.

- NADA a relatar até o final de período (24:00).

DATA - 04 Nov 77

00:00/06:00P

- NADA a relatar até o final de período (06:00).

06:00/12:00P

08:30P - 11:45P - Ouvidos populares (FOLES) e outros. Anotados vários relatos.

12:00/18:00P

- Descanso.

18:00/24:00P

23:00P - Passagem de corpo luminoso, a média altura, observado desde a Ponta do Bacuri (por trás da Ponta).

- NADA a relatar até o final de período (24:00).

DATA - 05 Nov 77

00:00/06:00P

01:00P - Passagem de um corpo luminoso, a altitude média (6.000 ft).

01:15P - Luminosidade próximo a ponta do Cajueiro, possivelmente ocasionada por um corpo luminoso.

02:15P - Corpo luminoso, deslocando-se sobre a água. visível até às 03:25P.

03:00P - Corpo luminoso, deslocando-se a baixa altura (100 m) sobre a água.

04:00P - Corpo luminoso, deslocando-se a baixa altura (100 m) sobre a água.

- NADA a relatar até o final de período (06:00).

00:00/12:00P

08:30P - Ouvidos vários pescadores, que localizados em vários pontos da Baia do Marajó, observaram "luzes" em movimento e estacionárias.

12:00/18:00P

15:00P - Deslocamento até a cidade de Vigia ; contate telefónica com o Chefe de Operações (Cap Hollanda), informado dos recentes fatos observados. Reabastecimento da viatura.

17:45P - Chegada (retorno) a Corales.

18:00/24:00P

18:00P - Instalado o teodólito no Campo do S. Pedro.

18:26P - Passagem de um corpo luminoso, a baixa altura.

18:50P - 18:51P - Passagem de dois (2) corpo luminosos em rotas contrárias.

19:30P - Corpo luminoso em altitude média.

- NADA a relatar até o final de período (24:00).

DATA - 06 Nov 77

00:00/06:00P

03:10P - Passagem de um barco no través de Corales.

03:20P - Passagem de um corpo luminoso, a baixa altura (100 m) sobre e baia, apagou próximo do barco a altura da txxte dxxxx sxxxxx.

05:20P - Passagem de um corpo luminoso, a baixa altura (300 m) (OVNI).

05:25P - Passagem de um corpo luminoso, vÔo "picado", baixa altura (O)

- NADA a relatar até o final de período (06:00).

06:00/12:00P

- Descanso.

18:00/18:00P

- Descanso.

18:00/24:00P

Apêndice

05:08P - Passagem de um corpo luminoso, a baixa altura (ROBERTO).

18:00/24:00P

- NADA a relatar até o final de período (24:00).

DATA - 07 Nov 77

00:00/06:00P

05:20P - Passagem de um corpo luminoso, a baixa altura (1.200 m), distância (1.500 m), não fazia ruído, lampejos azulados (OVNI).

- NADA a relatar até o final de período (06:00).

06:00/12:00P

- Descanso.

12:00/18:00P

- Descanso.

18:00/24:00P

18:50P - Passagem de um corpo luminoso, em grande altitude (?)

18:51P - Passagem de um corpo luminoso, em grande altitude (?)

19:30P - Passagem de um corpo luminoso, altitude baixa (?)

- NADA a relatar até o final de período (24:00).

Apêndice

LOCAL - SANTO ANTONIO DO UBINTUBA

05:20P - Passagem de um corpo luminoso, a baixa altura (20m). IXXXX

DATA - 08 Nov 77

00:00/06:00P

05:20P - Passagem de um corpo luminoso, a média altura (?)

05:21P - Corpo luminoso, a baixa altura, surgiu a frente do observador, desaparecendo em seguida (no mesmo local).

- NADA a relatar até o final de período (06:00).

06:00/12:00P

- Descanso.

12:00/18:00P

13:00P - Confecção de Relatório - (Rascunho dos últimos relatos).

18:00/24:00P

- NADA a relatar até o final de período (24:00).

Apêndice

03:20P - Corpo luminoso, deslocando-se a baixa altura, sobre a baia apagou próximo a um barco (Popular).

DATA - 09 Nov 77

00:00/06:00P

- NADA a relatar até o final de período (06:00).

06:00/12:00P

- Descanso.

12:00/18:00P

- Descanso.

18:00/24:00P

18:30P - Chegada a Local, do /3S NASCIMENTO: Ordem da Chefia, suspender a Missão e retornar à Séde.

- Devido a impossibilidade de travesia (ausência da Balsa, transportando maquinário em Burrega).

22:00P - Equipe suspendeu vigílie. Descanso.

DATA - 10 Nov 77

00:00/06:00P

06:00/12:00P

- Preparativos para o retorno. Limpé a do alojamento.

12:00/18:00P

Descanso.

16:30P - Deslocamento para Belém; Balsa ainda ausente.

17:30P - Travesià para Penha Longa.

18:00/24:00P

18:15P - Rápida passagem em Santo Antonio do Ubintuba. Contato com BENJAMIN AMIN.

21:05P - Chegada em Belém. Missão encerrada.

DATA - 11 Nov 77

07:30P - Apresentação. Relato Sumário ao Chefe do A2.

/s/
15/Q/AT/MT - FLAVIO

--

MINISTéRIO DA AERONÁUTICA
1° COMANDO AéREO REGIONAL

(OPERACãO PRATO)

II - PARTE INFORMATIVA

Ao chegar ao local (SANTO ANTONIO DO TAUÁ), fomos informados que o Sr MANOEL JOAQUIM DE FREITAS MARQUES (contato), não reside na cidade, vem esporádicamente a S.ANT°.DO TAUÁ, sendo seu domicílio na cidade de BELéM.

Mantido contato com um informante do local (Sr ANTONIO), o qual fez um relato sucinto dos fatos que vem ocorrendo na localidade de Santo Antonio do Tauá, acompanhando os elementos da Equipe às pessoas diretamente envolvidas no assunto.

- Ouvidas as seguintes pessoas :

MANOEL ESPÍRITO SANTO, idade 29 anos, instrução primária.

DATA/HORA DA OCORRêNCIA - 12 Out 77 às 23:30 horas.

Encontrava-se em frente a sua residência justamente com alguns amigos (JÚLIO, PAULA, DECA et CARLITO), quando percebeu uma Luz amarelada que deslocava no sentido E/W (nascente/poente), diminuindo a velocidade e quase parando à cerca de 20 m do grupo ; disse que percebeu então que a "luz" era tripulada por dois elementos de aparência humana, sendo que o "homem" ocupava o lado esquerdo e a mulher o la do direito do "aparelho", ambos portavam um óculos (formato diferente) e equipamento de inter-comunicação ; o elemento da esquerda levou as mãos ao "óculos" como se observasse mais atentamente ao grupo de pessoas ; no mesmo instante o outro, através de um tubo existente na lateral, dirigiu um feixe luminoso do cor vermelha em direção ao grupo ; tendo sido atingido diretamente, sentiu um forte abalo (como choque elétrico) iniciando pelos pés até a cabeça ; sobreveio entâo a paralizacão (imobilidade dos membros inferiores e superiores) e semi-inconsciência (sic). O aparelho afastou-se gradativemente aumentando a velocidade, MANOEL voltou a movimentar-se sentindo-se, porem, como entorpecido durante alguns minutos.

DESCRIçãO DO OBJETO

A distância, assemelhava-se a uma estrela de cor amarelo-avermelha da ; trocava a cor do amarelo claro para o vermelho, quando mais próximo, observou uma luminosidade azulada na parte frontal superior. Tem a forma de um barril, com um tubo de menor diâmetro (avermelhado) a sua frente e um outro mais fino no lateral (45°) que tem como finalidade emitir o feixe de luz azulada, Tamanho aparente 1,20/1,40 m, dá idea de transparência (parte luminosa azulada) com uma divisão entre seus tripulantes.

Deslocamento : subida reta com movimento ondulante (folha no vento, até atingir determinada altura, velocidade variável (impulsos) com no danças bruscos. Deacida reta sem ondulação tendo o tubo de maior du xxxx como fraio. Divimento-se depois de ganhar altura, tendo a frende xxxxxxx xxxxxx eximentro que emite uma luz azulada, o memo que xxxxx durante a subida. Não produz ruído forte. sendo ouvido xxxdexxx fexxxxx xxxxxxxxxxxxxxxx.

Óculos : Forma protuberante.

Intercomunicadores : Par de fones, com fixador circulando a cabeça.

- RAIMUNDO FRANCISCO DAS CHAGAS, idade 36 anos, semi-analfabeto.

DATA/HORA DA OCURRêNCIA - 22 Set 77 às 21:30 horas.

Voltava da Vila de Santo Antonio do Tauá para sua residência (ramal KM 12 PA-17), cerca de 6 Km distante da Rodovia. Caminhava à pé, fumando distraidamente, quando percebeu que uma "luz" amarelada, bastante forte (tamanho comparado a um farol de carro), descia do alto / em sua direção, correu abandonando o caminho e embrenhou-se no mato, sendo perseguido pela "luz" ; em determinado ponto, ao deparar com uma touceira de tucuma (palmeira com espinhos), lançou-se ali permanecendo imóvel. O "aparelho" como que procurando-o emitia lampejos azulados dirigidos a diversas direções como procurando-o, digo, a sua volta, lampejos que comparou a uma lanterna muito potente. Não conseguiu observar a forma do aparelho, por estar muito amedrontado ; não ouviu ruído forte produzido uma bomba de irrigação existente em uma granja próximo. O aparelho deslocou-se a baixa altura no rumo da Vila (NW), inicialmente procedia do nascente para o poente (E/W). Perdeu todo o mantimento (compras) que fizera. Sentiu um leve amortecimento que durou alguns dias.

- MANUEL DOS SANTOS, idade 40 anos, instrução primária (3°).

DATA/HORA DA OCURRêNCIA - 12 Out 77 às 23:30 horas.

Encontrava-se no interior de sua residência, juntamente com seus filhos menores, domant avec la lumière allumée (lamparina) apagadas, tendo despertado na hora acima referida notou estranha luminosidade no interior de sua residência de origem desconhecida, que "filtrava através" do telhado ; que tentou levantar e não poude, sentindo-se paralisa do tentou gritar por socorro não conseguindo de pronto. Passado alguns minutos, conseguiu levantar-se e fazer-se ouvir por seus vizinhos lado esquerdo do corpo amortecido e rouco. Disse ainda que já observou a passagem de "luzes" a baixa altura em frente a sua redidência sem produzir ruído algum, diferentes dos aviões ; as "luzes" quase sempre vem da direção onde nasce o sol, sua velocidade é variável, chegam as vezes a parar e aumentam bruscamente a velocidade desaparecendo rapidamente.

...

MINISTéRIO DA AERONÁUTICA
PRIMERO COMANDO AéREO REGIONAL

RELATÓRIO DE MISSãO

OPERACãO PRATO

COMENTÁRIOS

Cumprindo determinação da Chefia do A2, a Equipe de Operações, constituida pelos Agentes 1S MT FLÁVIO, 25 MAV ALMEIDA e 3S DT PINTO, deslocou-se para cobrir a área dos Municipios de VIGIA COLARES e SANTO ANTONIO DO TAUÁ, percorrendo diversas localidades e povoados, com o Objetivo de ; através da busca intensiva de Informações, aliada as Observações e registros (cine-fotográficos) efetuadas pelos elementos da Equipe :

- Esclarecer, o que de real existe sobre os aperecimentos e movimentação, em nosso Espaço Aéro Inferior, dos chamados OBJETOS VOADORES NãO IDENTIFICADOS (OVNI), vulgamente denominados de "luz", "objeto", "aparelho", "bicho", "chupa-chupa" (criação da Imprensa Local, irresponsabilidade e desrespeito ao público), e abreviado pela gente simples do interior "chupa".

A Equipe, ouvio testemunhas oculares e pessoas que se dizem "atingidas" por um "foco de luz", proveniente de um Corpo Luminoso de origem e características desconhecidas, tais pessoas de diferentes nível cultural (Pescadores, Lavradores, Médicos, Aviadoes, Padre e Fisico), entretanto identificados por seus relatos.

Quanto a parte técnica, a Equipe operou dentro dassuas limitações e as oferecidas pelo equipamento, adicionando-se boa dose de boa vontade de pessoas desinteresadas.

Sentimo não ter chegado a uma conclusão plenamonia satisfatória ; sobraram dúvida e carência de explicaçãs para alguns pormenores nas ocorrências (entre tantas), abaixo relaciondas :

- 01 Nov 77, à 19:00 h - Um OBJETO LUMINOSO (não xx observou forma), deslocando-se no eixo SW/NE, colorando Amarao xxx ( xxxxxxxxxxxxxxxxxxx-circilo aversmr]hado em xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

...

ASPéCTO PSICO-SOCIAL e ECONÔMICO

Em sua totalidade a região onde se observou, o aparecimento de FenÔmenos óticos, ou Corpos Luminosos de origem desconhecida, tem por habitantes pessoas de indice cultural, sócio-econÔmico e santitário dos mais baixos, aliados a crendices e formação simples, facilmente influenciados pelos meios de comunicação, nem sempr usados por pessoas escrupulosas e a altura de informarção pública completando o quadro determinadas autoridades, permitem abusos, tai como : queima de fogos (pistaloas e foquetões), consumo desregrado de bebida alcóolica e badernas, e o que é muito importante, omitindo-se de seus deveres comunitários, nengando mesmo o menor apoio, que seria pelo menos uma paralvra de orientação aos menos esclarecidos.

- A cidade de Colares-PA, vive um estado de "histeria coletiva" seus moradores impressionados com o aparecimento das misteriosas LUZES de origem desconhecida, não dorme, não pescam (principal altividade da população), e sobretudo debilitam-se na bebida, gastando seus parcos recursos em fogos e bebida. Desde o cair da noite ao alvorecer, são acesas fogueiras, fazem procissão (diária) fogos e tiros são constantemente disparados, como que para assustar um "inimigo" que não sabem quando e onde vai "atacar", bandos de 20 a 30 pessoas (em sua maioria homens), percorrem a cidade em todosos sentidos. A populção vive apavorada, vez ou outra gritos de pavor e a notícia em seguida o "aparelho" atacou, tal pessoa... ; as pessoas atinguidas (?), sofrem o que podemos classificar de forte CRISE NERVOSA (salvo melhor juizo), referindo quase que unanimes : Ompo ododvso, rouçuidão, tacuicardias, tremores, cefaldéu e amortecimento progressivo das partes atingidas (grande maroria).

Em se pensar que perdure a actual situação ou seu agravemento, prevemos, problemas de várias ordens, inclusive com possibilidade de auto-elimonação por parte dos mais fracos de espirito em consequência do pavor do desconhecido.

Como sugestão, as seguintes medidas proventivas pouriam ser tomadas : Proibição da venda de fogos de artificios e bebidas acoólicas ; Instruir a população çuanto a maneira de manto vigilãncia, ou seja de uma forma mais objetiva e racional (com revezamento) ; Dividir e distribuir (grupos de no máximo 10 homens) zonas determinadas, obedecendo um rodizio. O restante da populares desenvolveria suas atividades normais.

Em UBINTUBA, CAMPO CERRADO, VILA NOVA e outres localidades menores, a situação

Rapport de l'opération Prato