BULLETIN SIOANI 2

Août 1969

4ème zone aérienne.

Home  |   Versão original

Présentation

Ceci est le Bulletin n° 2 faisant suite à celui publié en Mars dernier.

Nossa caminhada nêstescinco mêses não teve, a imprimi-la, o ritmo que desejavamos.

Somos poucos, muito poucos nêste Quartel General assoberbado por tarefas que dia a dia se intensificam, exigindo de cada um excesso de esfôrço e de atenção apra suprir a deficiência numérica.

Entretanto, os companheiros designados para o cumprimento da Missão OANI, sem prejudicar o de suas missões especificas, continuaram no mesmo ritmo de entusiasmo e seriedade dedicados a esta tarefa complementar.

A area de nossas investigações ampliou-se : o quadro de nossos NIOANI's e IOANI's aumentou e o nivel dos XOANI's esta atingindo a faixa cultural, econômica e social compativel com a profundidade e seriedade da investigação que estamos procedendo. Isto porque o conhecimento de que a FAB esta realizando estudos e pesquizas sôbre tão palpitante assunto, vem afastando os aventureiros e farsantes e atraindo as pessoas cuja posição social, educação e principalmente formação moral, não permitiriam uma possivel e até provavel confusão com aquêles marginais. E assim confiantes na FAB, elementos categorizados têm saido do anonimato e se apresentando como preciosas testemunhas para nossas investigações.

Nêste Boletim n° 2, publicamos a relação de nossos NIOANI"s de nossos IOANI"s, e iniciamos o relato dos casos que, donde outubro de 1968, vêem chamando nossa atenção e nos proporcionando algum estudo dentro de nossas possibilidades.

Temos, e emoldurar êste nosso Boletim, o memoravel faito da Apolo 11 e seus tripulantes, transformando a LUA num campo de pouso de Nossa rota sideral.

Parabéns aos três mosqueteiros cosmicos dêste findar do século XX, parabéns ao povo americano, que traduz de maneira tão clara, tão lucida, tão transparente o valor de Democratia, expresso na singeleza daquela plaqueta colocada no solo lunar.

Ao Vinte de Julho do nascimento de Santos Dumont, Pioneiro inconteste do vôo do mais pesado que o ar, vem juntarse o Vinte de Julho de 1969, da conquista de nosso romãntico satélite, ambas as datas a estabelecer a continuida de do esforço do Homem no apuro de suas qualidades de Representante na terra da grandeza de seu deus.


Home  |   Versão original